Silêncio


A.M

Talvez ninguem mereça que eu perca o sono. Mas eu perco. E penso. Na tentativa insana de saber o que poderia ter sido e que não foi; pra onde teria ido a minha vida se as escolhas tivessem sido outras, se eu fosse capaz de ficar ali do lado. Daquele lado que não era, necessariamente, o meu. Será que dormir pra sempre poderia me fazer esquecer? Será que pra sempre é mesmo tanto tempo?

Escrito por Carol às 20h49
[ ] [ envie esta mensagem ]


vou guardar tudo..pera ai

Quando as paixões são os motivos para viver, aquela tão desejada (?) estabilidade, não serve de nada. A vida só faz sentido pq me apaixono todos os dias, com toda a intensidade, pelas coisas mais simples. Ser apaixonada, é ser intenso também quando não se gosta de algo ou alguém. Ser apaixonada é ser levada por sentimentos fortes, puros e que, muitas vezes, insistem em não caber mais dentro da gente. Tem um aqui, que é muito, muito especial. Que tá guardado, mas que sempre grita. Muito alto e cada vez mais forte. Que eu tenho que fazer uma força incomum para controlar. Pq precisa de controle. Pq não há nada que se possa fazer. Pq depende do tempo. Só que tá cada vez mais dificil guardar tudo aqui. Pq, por menos que eu queira, acho que escapa nas entrelinhas, acho que se mostra nos pequenos gestos e preocupações. Daquelas de quem gosta. Muito.



Escrito por Carol às 14h24
[ ] [ envie esta mensagem ]


Celebrate!

É incrível como os períodos de descrença são seguidos por breves instantes de esperança. Desde sexta-feira de madrugada, estou saboreando um fato que espero desde que me conheço por gente: o Malufão está na cadeia!!!

Não da maneira como eu queria que fosse, mas o fato é que ele foi "privado da sua liberdade". E isso é motivo para comemorar!! Tudo bem que daqui poucas horas, por causa desse recurso tão dual quanto a Habeas Corpus, ele estará mais uma vez livre. Mas, ele foi detido. Devia ficar atrás das grades, com os presos comuns, até o último dia da sua vida. E ainda seria pouco!



Escrito por Carol às 13h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


além do feriado

Nunca um 7 de Setembro me indignou tanto! Nunca me senti tão mal e tão envergonhada por morar num país como este. É, sobretudo, uma desilusão. É impossível acreditar que as coisas vão melhorar, que as pessoas querem fazer a sua parte -por menor que ela seja-, para que desse caos surja alguma coisa boa. Pq não vai sair nada de bom. Pq esse lugar está contaminado. Pq as pessoas só se preocupam com as malditas aparências e umas das principais e piores consequências disso, é essa busca desenfreada por ter dinheiro, posição, status. É lamentável. E triste, muito triste. Destruir um país privilegiado em todos os aspectos naturais como o nosso por tão pouco. Pq é muito pouco! Essa ganância, esses desrespeito pelo outro, pela humanidade. Onde, caralho, as pessoas querem chegar? Querem possuir o mundo? Querem comprar o mar? Querem negociar o ar? Tirar algum proveito de tudo, sempre.

Por maior que seja meu respeito pela vida, hoje eu senti vontade de enfileirar todos esses filhos da puta num paredão...e torturar muito. E depois metralhar. Eles não merecem respeito, nem consideração, nem nada. Absolutamente nada!! E eu não me refiro só as pessoas que passamos a conhecer tão bem nesses últimos tempos. Me refiro também a todos os anônimos que tem esse comportamento abominável. A morte para eles ainda seria pouco, frente aos estragos que eles vem causando.

Sentir que tudo está perdido e que não existe mais para onde ir é um verdadeiro perigo, desses assim, capazes de desencadear auto-destruição e proliferar todo tipo de coisa ruim que possa existir.

Ver o Fernando Gabeira, pessoa que admiro, respeito e que tem merecido meu voto, declarar que não acredita mais em fazer política, é sintomático. Me dá vontade de gritar, me dá um desespero total.

Todos que acreditaram que esse seria um governo diferente, que esse presidente seria o começo de um novo caminho, estão perdidos. Infelizmente, ou felizmente, nunca acreditei nisso. Mas lamento. Pq lá no fundo, torcia para que desse certo. Mas não deu. Não vai dar nunca! Pq ainda insiste em dizer que não sabia de nada..que foi traído!!! Daí é querer subestimar demais, né!? Esse dia da DEPENDÊNCIA foi o mais triste de toda a história!



Escrito por Carol às 19h50
[ ] [ envie esta mensagem ]


PQ?

Pq eu preciso desse silêncio para poder me ouvir. Pq eu quero saber se ainda sou capaz de gritar. Pq eu não quero mais as mesmas palavras, os mesmos gestos, as mesmas pessoas. Pq eu sou outra pessoa. Pq eu voltei ao meu silêncio, à minha essência.

Pq é desse silêncio que vai sangrar tudo aquilo o que já ecoou pelo mundo.

 



Escrito por Carol às 20h11
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico
16/10/2005 a 22/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis